7 de abril de 2010

Veja os comentarios de Calainho sobre as audiçoes em Fortaleza!

Ídolos em Fortaleza!


Pelo segundo ano Fortaleza é a única capital do Nordeste a receber o programa Ídolos, reality show musical que busca novos talentos da música

O programa Ídolos volta hoje a Fortaleza em busca de talentos da música. Estarão presentes no Ginásio Paulo Sarasate o apresentador do programa, Rodrigo Faro, e o trio de jurados: Calainho, Marco Camargo e Paula Lima. É a segunda vez seguida que Fortaleza é palco das audições do programa; este ano, a única cidade do Nordeste.

Ídolos é o reality show musical mais popular da TV mundial. É exibido em mais de 40 países e a Rede Record exibe este ano a terceira edição da versão brasileira. Haverá audição nas capitais do Ceará, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. Fortaleza é a primeira escala da rota.

Quem se inscreveu no site oficial do programa recebeu o documento que autoriza a entrada no Ginásio Paulo Sarasate. Os candidatos devem apresentá-lo junto com documento original com foto. Quem tem menos de 18 anos deve ir acompanhado dos pais e portar autorização de imagem assinada por responsáveis. Depois é desafiar os jurados e receber “sim” de pelo menos dois deles para avançar à próxima etapa.

Calainho é um dos avaliadores. Há 19 anos no mundo da música, Calainho é o jurado mais descontraído e espontâneo; cunhou o termo “cochise”, que define o calouro que canta pessimamente. Ele acredita que sua função no programa contribui com a revelação de novos nomes. “Meu papel é o de potencializar talentos já latentes através de comentários, sugestões de repertórios e produtores”, afirma. Diz também que é gratificante identificar um ídolo em um país com a “riqueza de talentos” como o Brasil.

Uma peculiaridade de Calainho é avaliar o “conjunto completo” do candidato. “Como empresário do segmento de entretenimento, posso garantir que ter uma boa voz não é suficiente para se tornar um ídolo. Uma grande estrela tem que surpreender e sensibilizar com um conjunto de voz, figurino, comportamento, atitude e personalidade”, diz o empresário. Quem quiser o “sim” de Calainho é bom caprichar também no visual.

As audições ocorrem das 7h às 17h a partir de hoje e a equipe do programa permanece na cidade por cerca de uma semana, dependendo do número de apresentações. As duas edições anteriores somaram 57 mil inscritos. Este ano eles ampliaram a faixa etária apta a participar e esperam bater recorde de aspirantes a ídolo do Brasil. Os aprovados viajam a São Paulo. Lá os calouros recebem aulas de música e performance de profissionais e são avaliados pelo público para definir o vencedor.

Calainho afirma que a decisão dos jurados é “100% técnica”, mas a história de alguns candidatos emociona e influencia o público na hora da votação.

Aos “cochises”, boa diversão; aos candidatos talentosos, fica a dica de Calainho: “Acima de tudo um ídolo tem que ter verdade e acreditar no que está cantando. Além disso, ele tem que ter atitude, personalidade e carisma. Tem que emocionar o público”.

O que achou?

0 comentários:

Postar um comentário

Adoramos trocar idéias e saber a sua opinião...
COMENTE! Sua participação é de grande valia para nós!